26 abril 2017

Capitulo 2 Jemi - Cinderella

- Narradora-


Os anos foram-se passaram  e Demi se transformou numa jovem, mas como a sua madrasta ainda foi simpática a colocou numa escola junto com suas irmãs, mas também tinha os ratinhos e os pássaros para sua companhia quando estava em casa e também tinha o seu cão o Bruno e também fazia gorros e vestidos.
Numa bela manhã, Demi era a primeira a levantar, fez a sua higiene pessoal e foi para a cozinha para preparar o pequeno-almoço para a suas irmãs e a sua madrasta, mas quando estava a preparar o pequeno-almoço, aparece o João uma rato muito esperto a gritar para chamar a atenção da Demi.

Demi, Demi, aqui em baixo! - gritava João, dando saltos na cozinha
O que foi João? - Perguntou a Demi muito concentrada no que estava a fazer e voltou a dar atenção no João
Uma rato caiu na ratoeira! - exclamou o João. - Temos que o tirar de o lá antes que a tua madrasta o encontre.
Calma João, deixa-se acabar de o pequeno-almoço daquelas lá (falava da Madrasta e das suas irmãs), já sabes que elas nunca se levantam antes de lhe levar o pequeno-almoço à cama.

Demi colocou tudo nas bandejas, colocou na mesa e foi com o João onde estava o rato que estava na ratoeira.
O animalzinho estava cheio de medo, quando viu que a Demi introduzir a mão na ratoeira para o tirar, acorou-se para o fundo da armadilha, tremendo de pânico.

Será melhor que fales com ele João -disse Demi. - O coitado está aterrorizado!
Não tens nada que temer - disse João, tentando tranquilizar o ratinho bonacheirão e gordinho. - Demi não te fará nenhum mão. Como te chamas?
Gus...Gustavo - respondeu Gustavo a tremer.

Demi procurou entre a roupinhas que tinha feito mas não encontrou nenhuma camisola que lhe servisse.

Lamento que fique um pouco pequena - disse Demi a sorrir -, mas não tenho o teu tamanho.

Depois, foi ao quarto para acordar o Lúcifer, o gato da madrasta, da qual parecia ter herdade todo o seu mão feitio e todas as manhãs. Demi deveria servir-lhe o pequeno- almoço, como se fosse mais um membro da família.
Como sempre de costume, primeiro lugar entrou no quarto da antipática madrasta ocupava.

Bom dia, senhora - cumprimentou a Demi com a voz baixa. - Dormiu bem?
Sim - respondeu secamente a Madrasta. - Corre os cortinados e leva essa roupa: é preciso lavá-la.

Demi Obedeceu e depois de pôr a bandeja sobre a cama, saiu e foi servir o pequeno-almoço às irmãs.

Nina... Meghan! - chamou para as acordar. - Está na hora do pequeno-almoço.
Outra vez! - resmungou Meghan, tapando a cabeça com a almofada. - Vai-te embora! Queremos dormir mais!

Demi encolheu os ombros e saiu do quarto, mas logo que fechou a porta, ouviu um grito arrepiante.
Quando voltou a entrar no quarto, viu o ratinho Gus, que fugia assustadíssimo, enquanto as suas meias-irmãs davam saltinhos ridículos, em cima da cama.

O que está a acontecer? - perguntou a Joanne (madrasta da Demi), entrando no quarto.
Estava um rato na bandeja mamãe - gritavam as duas abraçadas. - Ela fez de propósito, mamãe!
Demi! - gritou a Joanne. - Quando voltares da aulas, com as tuas irmãs e como teu castigo vais lavar todo o chão deste castelo, estamos entendas.
Mas ainda ontem fiz isso! - atreveu-se a replicar a Demi.
Então voltas a fazê-lo! - sentenciou a Joanne, num tom que não admitia réplica.

Demi limpou toda e foi se arrumar para ir para a escola, quando chegou a escola foi ter a sua melhor amiga e única Selena Gomez.

Demi estava assim:



Selena estava assim:

A Demi e a Selena ficaram a falar, foram para aulas, no intervalo comiam e conversavam, iam outra vez para as aulas.
No fim de acabar as aulas se despediam uma da outra e cada uma ia para sua casa, a Demi vinha tão cansada que tinha que ir fazer o que a madrasta mandou, a seguir fazer o jantar e por fim quando ia para o seu quarto, fazia os trabalhos de casa e dormir.

Sem comentários: